Responsive Slider

Tratamento de Feridas


Tipos de Curativos


Passivos: São aqueles que simplesmente ocluem e protegem a ferida, não valorizando sua atuação nem as demandas da lesão. A gaze é um exemplo.

Interativos: Participam no controle ambiental da ferida, favorecendo a restauração do tecido. Seriam os polímeros, os filmes, as espumas, os hidrogeis, os hidrocoloides, dentre outros.

Bioativos: Estimulam diretamente substâncias ou reações de cascata de cicatrização, como os fatores de crescimento e o uso de fitoterápicos (Barbatimão).

Abertos: São os que mantêm a ferida exposta.

Oclusivos secos: São os fechados com gaze ou compressa, com a intenção de proteger a ferida.

Oclusivos úmidos: A ferida é fechada com gaze ou compressa umedecida com soro fisiológico, cremes, pomadas ou soluções prescritas.

Oclusivos compressivos: Depois de feitos ou cuidados no leito da lesão, é mantida a compressão através de bandagens ou cintas elásticas sobre a ferida, em casos de hemorragia, evisceração e outras.



Veja mais:


Avaliação Geral das Feridas
       - Odor
       - Cor da Ferida
       - Secreção
       - Extensão
A nutrição na cicatrização
Fatores interferentes na cicatrização, prejudicando-a
Tipos de Curativos